Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2010

Mudas palavras

Imagem
Ela acordou. Olhou à janela e o sol estava a nascer, como que lhe dizendo para irradiar um sorriso, e então exclamou:
-Para quê sorrir?
A resposta não foi obtida. O silêncio conseguiu proferir as palavras exactas, embora estas não tenham passado de breves exclamações mudas:
-Para quê chorar?

A todos aqueles que irradiam os seus sorrisos.

A ti Joana

É muito difícil encontrar um "bom amigo", mais difícil ainda é "deixá-lo" e impossível é "esquecê-lo". E tu és uma delas JOANA! Beijinhos. André Azevedo

* * *

Escusado será dizer que te adoro, porque isso já tu sabes muito bem. Tudo o que eu quero neste momento é voltar a ver o teu sorriso, aquele que contagia todos os que te rodeiam. Eu sei perfeitamente que és capaz de ultrapassar tudo isto com toda a força que tens aí dentro do teu coração. Coragem miúda!! Podes sempre contar comigo...Ana Catarina

* * *

Sorri, quando todos esperam uma lágrima tua…
Grita, quando todos esperam que te cales…
Luta, quando todos pensam que desististe,
E rema em direcção á felicidade,
Prque é ela que nos dá força quando tentamos sobreviver a um dia de tempestade…
E se por algum motivo sentires que não consegues fazê-lo sozinho…. Procura-me…. Estarei sempre ao teu lado para te apoiar….. Patrick

* * *

Joaninha, a tua estrelinha partiu, mas a sua luz ainda cá ficou a brilhar e a en…

Quando o dia te disser para sorrir

Imagem
Hoje não falo por mim, hoje não é a minha alma a única a pronunciar-se, hoje o meu coração não difunde as palavras sem que outras melodias o acompanhem. Hoje falo por algumas pessoas que, apesar das muitas diferenças que as distinguem, possuem determinadas características em comum, nomeadamente o amor e a amizade nutridos por uma pessoa muito especial. Quando digo pessoa, refiro-me a alguém que se distingue não só por todos os seus defeitos (que são muitos mesmo) , mas também pelas suas enormes qualidades, a alguém humano, a alguém que está sempre presente quando a sua companhia se torna necessária. E por tudo isto, nós somos aqueles que estaremos sempre ao teu lado, tal como aprendemos a fazer contigo, para o que der e vier, para te ver sorrir, para te ver chorar, para te ver feliz quando conquistares todos os teus objectivos e para simplesmente caminharmos contigo no decorrer das nossas vidas.
Hoje o dia pode não te dizer nada, mas amanhã ele te dirá para sorrir.
De todos os teus amig…

Coisas do interior

A nossa força interior anda escondida. Apenas se revela quando estritamente necessária. Todos vivemos situações em que esta obra do nosso interior psicológico nos surpreende.

É chegado o momento de te surpreenderes com tudo aquilo que és capaz.
Mereces tudo aquilo de bom que o futuro te reservar.
Sorrio na tua companhia, sofro contigo e estarei sempre ao teu lado.
Porque simplesmente te adoro amiga.

A ti Joana

Os segundos do adeus

Imagem
Não deverias ter partido assim. Deverias ter partido com um sorriso no rosto, deverias ter partido e levar-me de mão dada contigo, deveríamos ter partido as duas a sorrir. Viveste em sofrimento convivendo com a injustiça, como que dizendo adeus a cada segundo que passava; dizendo adeus ao céu, ao sol, às flores, ao mar e aos rios; dizendo adeus a todas as pessoas que amavas, por quem darias a vida se tal fosse necessário; dizendo adeus a ao teu corpo, a tudo aquilo que sentias, a ti. Hoje voltei a recordar a tua partida, revivendo um pouco da dor que senti naquele momento, dor essa que ainda permanece no meu coração por não mais te poder ter aqui comigo, simplesmente porque toda a tua luta foi feita em vão. Lutaste, não lutaste? E para quê? A recompensa recebida por toda a tua luta não foi a tua vida, foi, e isso sim, a tua dolorosa partida. Sei que já não te posso voltar a ter aqui comigo, mas isso não significa que aceite a forma como partiste, pois se tal dissesse estaria a mentir p…

Sorrisos não contidos

Momentos passados podem tornar-se no presente as mais belas recordações. Apenas as pessoas especiais fazem parte de memórias que o tempo incrivelmente preservou.
Apenas alguém importante nas nossas vidas merece ser recordado com carinho, alguém como ela:

Brincadeiras partilhadas,
O leite derramado na fria calçada,
As confidências pronunciadas,
Do tempo, a história preservada.

Passados cruzados, momentos vividos,
Presentes que agora coincidem,
Na memória, os sorrisos libertados, também os contidos,
No coração as alegrias residem.

A alegria que ela reflecte,
A todos nós consegue chegar.
Os pormenores por ela pronunciados,
São todos aqueles que não poderam escapar.

Alma lutadora, coração amigo,
A tristeza que insiste em fugir,
E quando algo não lhe corre bem,
O sorriso que não desiste de vir.

A vida teima em aproveitar,
Seja no momento que for,
Pois se alguém a incomodar,
Uns tampões terá de pôr.

As qualidades, as únicas realçadas,
Os defeitos lá bem esquecidos.
Os sorrisos felizes de mãos dadas,
Dos desejos por…

Um "c" de terror.

Imagem
(Histórias de alguém...) Prometi a minha mesma ser um desenho com vida própria, desenho esse cheio de vida, cheio de cores, cheio de alegria, apenas porque perdeu uma parte que nunca lhe pertenceu, apenas porque perdeu o ódio, os rancores, apenas porque te perdeu a ti. Eu sei de tudo isso, mas nada neste estúpido mundo de existências é esquecido apenas porque esse é um objectivo pertencente ao lado mais ambicioso da nossa mente. Nada passa de um momento para o outro, nada é momentâneo ao ponto de não poder ser relembrado no futuro. Hoje voltei a ver-te. Estavas no baloiço no qual passamos bons momentos, momentos esses de pura, simples e verdadeira felicidade. Não estavas sozinho, e para tristeza do mais recôndito espaço do meu coração, estavas com outra rapariga. O que posso dizer sobre isso? Bem, nada do que eu venha a pronunciar poderá ser entendido como suficientemente lúcido, como algo que não tenha uma pequena colher de loucura. Ao observar-te de mão dada com ela, apesar dos poucos…

Sorrir

Imagem
(Histórias de alguém...)
-Sabes o que eu gosto mais em ti? -O quê? -O teu sorriso. -O meu sorriso!? O que tem ele de especial? -É constante. É isso que faz dele o mais bonito sorriso. Podes oferecer-mo?

Simplesmente porque sorrir faz parte do enredo que o dia nos oferece.
A todos aqueles que oferecem sorrisos.

Leis (des)respeitadas

Todos tivemos a nossa infância. Todos tivemos os nossos amigos no passado. Contudo, o tempo passou e a vida afastou-nos de pessoas que já foram importantes para nós, tendo acabado mesmo por nos separar. É uma das leis da vida, desde que sejamos a favor de tal facto. Quando lutamos para que tal não aconteça, podemos ser surpreendidos no que respeita à evolução destas pessoas, enquanto seres humanos.

(Já lá vão 16 anos...Ninguém diria!! )
Brincadeiras partilhadas, Aparentes laços familiares, Sendo às casinhas ou às bonecas, Os imensos brilhos nos olhares.
Anos que correram A vida que evoluiu, Caminhos cruzados, caminhos distantes, A amizade que não partiu.
A adolescência então chegada, A alcunha que nela ficou, Na camisola todas as riscas, E a "Rixkinha" que chegou.
As palavras dela constantes, Os temas mais diversificados, Os sorrisos no olhar E os momentos marcados.
Alegria que não foge, Venha aquele que vier, As ajudas que oferece, Em tudo aquilo que puder.
A imaginação produtiva, Pelo Robert a …

Nem tudo o que parece é...

Imagem
Quando um sorriso teima em não sair, quando uma lágrima insiste em cair e quando por e simplesmente não queremos estar em sítio nenhum, há sempre alguém que, mesmo sem saber o motivo, nos faz sorrir, por mais disparatada que seja a forma que usa para alcançar esse objectivo. Esse alguém, é normalmente designado por "amigo", mas como todos os amigos são diferentes:

Se a sua alma falasse,
Muito mal dele diria ,
Pois se eu lhe perguntasse
Para mim não mentiria.

Diria tudo o que ele pensa,
Falaria das suas taradices,
Omitiria o que eu lhe digo,
Os meus segredos, os meus fetiches. =)

Diria que maneira ele arranja
Para todos chatear,
E com as suas belas palavras,
Lá nos consegue refutar.

Agora sou eu quem fala,
Fazendo a sua alma parar.
O que eu acho é que conta,
Logo, ela se pode calar.

Passa as aulas na conversa,
Os seus desenhos a fazer,
E com a sua inteligência,
Lá boas notas consegue ter.

Na sua aparente timidez,
O silencioso encanto,
As piadas repentinas,
Da multidão, o espanto.

Por detrás das suas …

Fria liberdade

Imagem
As gotas da chuva cobriam-me o rosto, uma a uma. Eram frias, pesadas e chocavam com a minha face em movimentos uniformes e contínuos. O guarda-chuva, esse, permanecia fixado pela minha mão, fechado e imóvel, simplesmente porque não fazia intenção de o abrir.
Fiquei algum tempo a presenciar tal normalidade, tal causalidade. Deixei-me aconchegar pela frieza da chuva que me clareou o pensamento, dando-me escassos e curtos momentos para sentir liberdade. Tinha frio, isso era certo, mas haviam partes da minha alma que se tinham aberto, e então continuei ali, deixando que todos os inúteis pensamentos me abandonassem, enquanto eu via a minha mente estranhamente silenciosa, sim, extraordinariamente silenciosa! Já não haviam ideias que me faziam sentir um enorme vazio, já não existia sofrimento, o meu pensamento abandonou qualquer tipo de energia que anteriormente o fazia exercer a sua função.
Queria permanecer naquele local, deixando a chuva esfriar todo o meu corpo, deixando-a descobrir os me…

Complicada conquista

Imagem
(Histórias de alguém...)
Estou a reencontrar-me novamente. Consigo rever tudo aquilo que fui no passado antes de tu me veres como um desenho, cuja tinta se extinguia graças a todas as tuas acções; tudo aquilo que fui antes de te ter comigo, antes de viver nas ilusões transmitidas por ti; tudo aquilo que tu conseguiste destruir. Os momentos mais felizes do passado, quando relembrados e novamente sentidos, levam-me a perceber que começo a estar livre, sim, livre! Livre de quê? Livre de mim mesma, livre dos frutos que a minha imaginação criou, frutos esses que não corresponderam aos caminhos pelos quais a realidade pretendia ir. Além disso, começo a perceber que iniciei a minha fase de metamorfose no que respeita à tua presença ou até mesmo à tua feliz ausência. Estou a conquistar-me novamente. Consigo ver que sou uma pessoa difícil de conquistar. Desconheço a forma como tu o conseguiste fazer tão facilmente. De um momento sincero, Lara Teles.

Volta...

Recordo com saudade cada segundo que passamos juntas. Saudade, algo que eu nunca soube o que era realmente, algo que eu nunca imaginaria vir a ter, não desta forma.
Cada recordação desperta em mim um vazio que nem mesmo as tuas imagens são capazes de destruir, um vazio que deveria ser ocupado pela tua voz, pela tua presença, pelos teus sorrisos, mas nada. Este é um vazio como todos os outros: escuro, infinito e simplesmente com ausência de algo. Gostava que percebesses o meu sofrimento e voltasses para ao pé de mim, que me fizesses feliz novamente e que despertasses todas aquelas partes da minha alma e do meu corpo que ficaram adormecidas pelo facto de terem partido contigo. Mas, como em todas as vezes que penso nisto, percebo que não passam de meros pensamentos e objectivos impossíveis da minha inocente e imatura mente. Juro que não a percebo, pois umas vezes protege-me e defende-me, mas outras magoa-me e destrói-me. Acho que estou a perder os meus mecanismos de defesa. Preciso deles …

Chegar cedo não é bonito

Existem pessoas únicas, reconhecíveis em qualquer parte do mundo por serem simplesmente elas, sem igual feito ou feitio. Este "rapazito" é assim, é ele.


A vida leva relaxando,
A cada segundo, a cada minuto.
E devagar vai levando,
Do trabalho o seu fruto.

Horários não são com ele,
Os relógios para nada servem.
Chegar cedo não é bonito,
Por mais que gritem, por mais que berrem.

Os painéis solares são ideais,
Para ele fazer uso.
Da sua energia se servem,
Aqueles que entram em desuso.

Nada disto é defeito,
É apenas feitio único.
Nele um enorme coração,
E as piadas que diz em público.

A todos alegra constantemente.
Com a sua beleza, com o cabelo seu,
No seu lindo olhar azul,
O encanto do mundo meu.

Sempre que lhe pedem favores,
Ele não sabe dizer não,
Por mais que ame, por mais que odeie,
A amizade, a compaixão.

As palavras de nada servem,
Para a ele descrever,
Um obrigado por tudo,
É o que eu posso dizer.

Espero que sejas feliz, pois apesar de seres um "aluado" e um esquecido, mereces tudo isso ma…

Diabrinho Teatral

Crescemos conhecendo as pessoas que nos rodeiam, crescemos vivendo com elas e temos orgulho por aquilo em que se tornaram.


Quando sorris, todos sorrimos,
Pois és capaz de contagiar,
E se tu choras nós choramos,
Pois contigo cá sempre vamos estar.

Quando algo te pedimos,
Lá o fazes mesmo a resistir,
E sempre de boa vontade,
Cá estás sempre para nos ouvir.

O teu divertimento faz de nós,
Pessoas mais felizes.
Em cada palavra, a alegria,
O gosto pelo que dizes.

Diabrinho teatral,
Que a todos enfeitiçou,
Alma grande, sem igual,
Que em teus amigos nos tornou.

O bem é o que eu mais quero,
Para cada segundo teu.
Pois que sejas feliz,
E presencies cada segundo meu.

Porque simplesmente foste, és e sempre serás uma pessoa muito especial na minha vida.

(Obrigada por seres o meu fã número zero e obrigada pelo nome " Ana Pessoa de Camões", pois gostei bastante de ambos.)

Todos os amigos têm um nome. Este é um deles. A ti Leonardo.

Bendita timidez

Por vezes, passamos demasiado tempo perto de determinadas pessoas sem que as possamos conhecer realmente. Quando por milagre dos milagres, as começamos a ver de uma outra forma, podemos ficar surpreendidos com a magnificiência de ser humanos que são. Foi o que me aconteceu ao conhece-lo melhor.

Apenas a timidez o cala,
Enquanto a inteligência o domina,
Cada uma das palavras que exterioriza,
Faz uma frase que fascina.

De vez enquando lá vem ele
Com as suas piadas estúpidas,
Os sorrisos lá se emergem,
Nas todas faces escupidas.

Não sabe dizer não,
Aos favores que lhe pedem.
Dentro dele, a grande alma,
Em centímetros que não se medem.

Está sempre presente quando deve,
Está sempre lá contigo.
Pois bem, que se lhe há-de chamar?
Senão a palavra amigo.

O único desejo que tenho,
É que feliz seja.
Que tenha tudo o que merece,
E tudo aquilo que deseja.

Porque simplesmente és um ser humano extraordinário.
Todos os amigos têm um nome. Este é um deles. A ti João Ferreira.

Renascer da tinta adormecida

Imagem
(Histórias de alguém...) Sabes, nunca tentei consciencializar-me de tudo o que aconteceu connosco. Simplesmente fechei essa página da minha vida para, possivelmente, abrir mais tarde. Ainda não fui capaz de o fazer. Vivo ignorando esse facto, embora saiba que isso não passa de uma mera cobardia. Ironia? Talvez não, pois tento ver todo este facto como um mecanismo de defesa da minha mente, mecanismo esse que atenua este meu sofrimento e me impede de desistir de tudo o resto. Posso viver ignorando a tua ausência, posso passar o dia a pensar em mil e uma coisas senão em ti, posso passar por todos os sítios nos quais nunca passei contigo e posso esquecer a parte de mim que morreu, por tua culpa. Assim não penso em ti, já que a minha decisão ficou mais que tomada no passado, tendo escrito assim este presente. Sou agora um desenho com vida própria, como alguém me aconselhou a ser. Vou pintar o meu próprio caminho, de azul, de verde, de cor-de-rosa, de vermelho, de amarelo e de todas as cores …

Um Louquinho Especial

Quando pensei já conhecer todas as pessoas que, inquestionavelmente, seriam importantes para mim, para o resto da minha vida, ele apareceu e as coisas tornaram-me mais fáceis de suportar, mais alegres de viver, simplesmente mais únicas. Com ele, nunca são necessárias muitas palavras para eu me sentir compreendida. Por tudo isto e muito mais, as palavras seguintes são insignificantes quando comparadas com a grandiosidade dele, enquanto ser humano.

Ele age sem pensar,
As palavras voam sem que queira,
E quando as tenta apanhar,
Já se está a rir a turma inteira.

Não tem medo de ser único,
Não tem medo de ser ele.
Da sua alma genuína,
E do coração, os defeitos dele.

Para ouvir, disponível.
Para falar também.
Se as paredes o questionassem,
Ouviriam como ninguém.

Nunca nega uma ajuda,
Nunca diz um severo não,
E embora não o admita,
É um grande resmungão.

Diz o que tem a dizer,
Desde que seja verdade.
Nos alerta para os erros,
E nas palavras a lealdade.

Se eu pudesse pedir,
De poucos desejos, um monte,
Um seria par…

Da força, a alegria

Se o mundo falasse sobre ela, nunca mais se calaria, pois são inúmeras as palavras que a tornam única, que a tornam especial e que a tornam diferente de todos os milhões de pessoas existentes no globo terrestre. Mesmo assim, o mundo não a conhece como eu conheço. Digamos que a conhecemos de formas diferentes. A diferença crucial, é que eu vou ter a fantástica oportunidade de a descrever, e ele não (são privilégios que nem todos têm) !

Se a tua lágrima cair,
A ela podes recorrer.
Se o teu sorriso emergir,
A sua companhia podes ter.

Se chorares por amor,
Ao pé de ti ela estará
E seja por que motivo for,
Nunca, mas nunca te abandonará.

Alegria constante,
Dela feita, os disparates.
E com sorrisos libertados,
Estão feitos os cheque-mates.

Se um objectivo for seu,
Até eu tenho pena dele.
Depressa será concretizado,
Seja neste segundo ou naquele.

O seu coração é grande,
Seja para mim, para ti ou para aquele.
A sua força é das maiores,
Do coração, a força dele.

Por mais longe o sonho,
Por o abismo mais perto,
Pois …

Começando pelo fim

Imagem
Não sei que palavras usar para me dirigir a ti. Elas são tantas...Como escolher as ideais? Aquelas com as quais vais perceber tudo aquilo que te quero dizer? As perfeitas? Talvez elas nem existam, talvez o problema seja meu por não saber exactamente o que te quero dizer. Posso tentar? Sim posso tentar. Por onde começar? Bem, essa é uma pergunta muito vaga e difícil de responder. O melhor mesmo é começar pelo fim, visto que eu nunca percebi o início disto.
Queres saber um segredo? Um segredo que já não é segredo? Algo que todo o mundo já sabe? Uma coisa que muitos perceberam mesmo antes de eu e tu percebermos? Algo que me tem dado voltas à cabeça constantemente? Pois bem:
Eu adoro-te. Quero estar contigo. Simplesmente porque és importante para mim...
O que fazer? Bem, a isso não sei responder, embora não tenham faltado sugestões. Viver passivamente pode tornar-se confuso...
A alguém muito genuíno. A Ti.

Sorriso disponível

Existem pessoas especiais, únicas e capazes de tornar as nossas vidas em existências muito mais felizes. Essas pessoas podem por isso ser complicadas de descrever, já que as palavras nem sempre têm a força que desejamos que tenham. Contudo, a intenção também é importante, por isso:

Houve um momento especial
Em que ternura e alegria se juntaram,
Nesse dia foi ela nascida,
E muitos do mundo se alegraram.

Hoje permanece nos seus dias,
A bonitos sorrisos fazer,
Da sua alma, as alegrias,
Da juventude, o viver.

"Estérica" é às vezes,
Mas isso não é defeito,
É antes alegre feitio,
Do dia, o momento feito.

Quando alguém se quer fazer ouvir,
Ela lá está presente.
A esperança faz sentir,
Sempre que queira, sempre que tente.

O seu enorme coração,
A faz muito especial.
O seu disponível sorriso,
A deixa sem igual.

Companheira de longos passeios,
Para as bicicletas diz o sim,
Seja à semana ou não,
Ela vai mesmo assim.

Pelos seus objectivos luta,
Um a um não os esquece.
A maior parte consegue,
E o coração de todos aq…

Brava Ternura

No silêncio, a sabedoria escondida.
Na timidez, a alma de guerreira.
Se o tempo falasse diria,
Que na sua vida não existe barreira.

Olhos cor de turquesa,
Apimentados pela brava ternura.
No olhar, o mar reflectido.
Na palavra, a determinação pura.

Cabelos levados ao vento,
Pelo forte bronze apimentados
Como se o castanho cristalino ali pertencesse.

Num só corpo, viva a determinação.
Como se dificuldade não houvesse
Pois do sonho vive da vida, a paixão.

Todos os amigos têm um nome. Esta é uma delas. A ti Paula.

Gelo de dor

Imagem
Ouvi o som de alguém a bater à porta. Eram elas! Elas que, estranhamente, estavam juntas àquela hora da manhã, num dia como tantos outros. Não só não achei normal tal facto, como também reconheci o choque e a ausência de emoção nas suas faces. Apenas disseram:
-Acabou! Não aguentou mais. Simplesmente segui o exemplo delas. Deixei que o choque e a ausência de emoção se apoderassem da minha face, do meu corpo, de mim. Se alguém alguma vez disse, que o acordar para o dia era um acordar para a vida, essa hipótese deixou de fazer qualquer sentido para mim naquele momento. Parte da minha personalidade, do meu ser e até mesmo do meu corpo, deixaram de aguentar o sofrimento, e partiram, tal como tu. Não, as coisas não podiam terminar daquela forma. Não contigo, nunca com o teu corpo, não connosco. Não me convenceram. Abandonei o meu quarto e percorri o resto da casa. Pessoas, pessoas e mais pessoas. Escuridão, roupas pretas e lágrimas. Lágrimas? Porque é que apenas as minhas não caíam? Nesse m…

Genuinamente Ela

As palavras são escassas quando pretendo falar dela. E porquê? Talvez porque passo demasiado tempo consigo e nenhuma delas, mesmo que conjugada com muitas outras, seria suficientemente forte e digna para a descrever. Mas, como tentar nunca é perder, aqui vão alguns vocábulos:

A beleza a consome,
O coração a guia,
A presença muito importa,
Do dia e da noite, a magia.

Na sua alma pequenina,
Guardada no seu corpo,
Um grande ser humano,
A força para chegar ao topo.

Quando um coração chora,
A sua presença não falta,
A tristeza ela acolhe,
A alegria põe em alta.

Conselhos?
Dela os melhores.
Seja para as guerras, para o futuro,
Para a família, para os amores.

Às vezes ela cai,
Todos caímos.
Não atinge os limites,
Lá do fundo, dos abismos.

Se ela os atingisse,
Muitos de nós também iríamos,
Pois é somente uma parte,
Que ironicamente perderíamos.

Um futuro promissor,
A espera lá em cima.
Com força, talento e amor,
Todo ele se aproxima.

Porque simplesmente acredito em tudo aquilo que és e em tudo aquilo que és capaz de faze…

(Des)encaminhada

Imagem
"Looking back at the beginning of this..."
(It´s Not My Time, 3 Doors Down)
Momentos em que eu pareço uma barata tonta e não percebo o porquê de muita coisa...

De vez para ti, morri.

Imagem
(Histórias de alguém...)

Simplesmente Tu, Tu e mais Tu. Tudo na minha vida se tem resumido a esta simples mas complicada palavra, nos últimos tempos. Um exagero resultante da minha paixão louca e doentia que me atormenta! É então chegada a altura de dizer: "Basta"! Conseguiste! Conseguiste destruir-me, levar-me ao fundo do abismo. Conseguiste fazer com que a tinta que me constituía desaparecesse lenta e gradualmente, agravando o meu sofrimento. E então, por e simplesmente morri. Desapareci por entre os negros fios de sangue consumidos pelas tuas acções e pelos teus caprichos. Morri e jamais ressuscitarei, já que assim o quiseste, tal como eu o quero também neste momento. A parte de mim que por ti se apaixonou foi destruída, extinta; desapareceu, morreu. Está na hora de começar de novo. Está na hora de eu me pintar a minha mesma, de ser como sempre fui antes de te conhecer. Está na hora de esquecer tudo aquilo que fui contigo, a parte de mim que se modelou a ti. Está na hora d…

E ele é assim...

Existem milhares de pessoas no mundo, mas nem todas apresentam um papel relevante nas nossas vidas. Apenas algumas são importantes para nós, apenas algumas são especiais, por tudo aquilo que são, por tudo aquilo que fazem e por tudo aquilo que representam. Somente personagens assim merecem ser relembradas.

Do olhar, o atrevimento escondido.
Do azul turquesa, a perfeição do mar.
No sorriso, a ternura à espreita,
E beleza que insiste em ficar.

Nos seus cabelos cor de bronze,
Os trabalhos de cada dia,
Desse dia, minutos perdidos,
Pois nada muda por magia.

Na alma a pureza indiscreta.
Nas palavras a perfeição ausente.
Nitidamente nem tudo está perdido:
No coração, a amizade presente.

Longas conversas desenroladas,
O tempo que passou rapidamente,
Longas conversas diversificadas,
As palavras saídas naturalmente.

Os conselhos não controlados,
A preocupação ternurenta,
Os sorrisos estampados no rosto,
Cada vez que falha, cada vez que tenta.


Os defeitos pouco importam,
Na hora de escolher um amigo,
Pois este é um da…

Tu és o protagonista

Imagem
(Histórias de Alguém...)

Ainda estou viva. Como é que isto é possível? O sofrimento continua aprisionado nas minhas veias, enquanto o meu coração, bem (... ),esse permanece preso por entre os fios das consequências dos teus caprichos, os fios de sangue escurecidos por ti. Não me daria conta da passagem do tempo, não fosse o movimento dos ponteiros dos segundos, dos minutos e das horas em todos os relógios pelos quais passo durante o penoso decorrer do dia. Sou uma mera alma que permanece neste mundo, vendo o tempo passar, impossibilitada de se levantar e seguir em frente, simplesmente porque tu arruínaste aquilo que restava da minha vida, humilhando-me, desprezando-me e enganando o meu lado mais sonhador. Vives sorrindo por cada segundo do meu sofrimento, não é verdade? Dá-te prazer, puro e simples. Mas eu não me importo mais. Se algum dia tive uma réstia de felicidade, ela foi totalmente destruída pela tua presença. É então chegada a hora de dizer: conseguiste o que querias! Podes ter …

Sonhos perdidos

Imagem
Pior do que te ter perdido, é saber que não é fisicamente possível ter-te de volta.

À "Estrelinha" mais brilhante...

Pensamentos...

Imagem
"Viver é como amar: nenhuma razão o sustenta, só o instinto o apoia."
Samuel Butler

Sem sentido, os caminhos

Imagem
Queria tanto que estivesses aqui comigo. Queria poder dizer-te ao ouvido: "Gosto muito de ti", tal como sempre fazia. Queria ver o teu sorriso, ouvir a tua voz, sentir-te. Queria dar-te a mão, para percorrer contigo os caminhos que sempre percorríamos, caminhos esses que hoje já não brilham, já não têm luz, estão intactos apenas por estarem. Fazem-me sofrer quando percebo que os percorro sem ti.
Fazes-me falta. Já não tenho ninguém a quem dizer tudo o que me vai na alma. Aquilo que seriam segredos partilhados, hoje não passam de meros monólogos pensados. É óbvio que tenho amigos com quem muito partilho, e adoro-os, mas contigo era diferente. Dizia-te coisas mesmo antes de as admitir a mim mesma, tal como tu sempre reparaste. Eu sabia que ia doer, apenas nunca pensei que fosse tão difícil como está a ser. Eu sei que é impossível voltares para mim, mas isso não significa que eu me esqueça de ti. Tu sabes onde estás...
À "Estrelinha" mais brilhante...

Sorrisos pintores de felicidade

Imagem
(Histórias de alguém...)

Os pedaços de tinta que constituem o meu corpo continuam a desaparecer. A chuva já não cai. Deixou de me compreender e de me acariciar com as suas gotas, deixou de me desbotar mais rapidamente para que o meu sofrimento fosse extinto. Agora és tu quem não se cansa de aparecer, mas para contrariar, com sempre o fazes. Insistes em querer prolongar a vida da minha alma sofrida, apunhalando-me cada vez mais com o teu desamor, alternado com o teu amor confuso. Não percebes que estou exaustiva e frequentemente a sofrer? Pára por favor. Já não aguento mais cada traço meu pintado pelo teu sorriso, cada mancha preta atenuada pela indiferença que me dás, a cada dia que passa. Porque não me apagas de uma vez? Não passo de um mero desenho manipulado pelo seu pintor, não passo de uma mera alma castigada pelas tuas acções. Decide-te, ou nem isso és capaz de fazer?
Espero a borracha do teu coração, mas sonho com a tinta permanente. Irónico não? De um momento sincero, Lara Teles.

Dele, certos devaneios

Imagem
"Com jeitinho ainda vais ser feliz..."


Ora então, sua justiça seja feita para todos! A esperança é a última a morrer não é verdade? Ainda há loucos com lógica inteligente, este é um deles. A ti Ricardo.

Não há pedaços de tinta eternos

Imagem
(Histórias de alguém...) Quero fugir. Quero correr para bem longe, para um lugar onde ninguém me possa encontrar. Um lugar onde a escuridão não tenha a capacidade de se apoderar do que resta do meu ser, da minha existência, da minha personalidade. Um lugar onde eu possa ser o EU que existe dentro do meu corpo, bem lá no fundo da minha alma. Um lugar onde o facto de as coisas poderem mudar deixe de ser apenas um mero sonho. Faltam-me as peças para construir o puzzle, falta-me a vontade para estar aqui, para estar ali, para unicamente estar. O meu sorriso, por e simplesmente fugiu de mim, pois nem mesmo ele aguentou tal melancolia que me pertence, melancolia essa que se irraízou em cada uma das minhas veias, em cada uma das minhas artérias e em cada um dos meus capilares, para finalmente se apoderar do meu orgãobombeador. O meu coração está agora mais fraco. Bate simplesmente para me dizer que estou "viva", se é que se pode dizer tal coisa, pois viver não é isto, isto é apenas e…

Estradas (Parte II)

Imagem
À estrada escura voltei. Tu ainda lá estavas. Andei, andei, andei, Enquanto tu me esperavas.

Desilusões, rancores, dor, Tudo foi esquecido nesse momento. Apenas queria o teu amor, Tão desejado há muito tempo.

Pela primeira vez, A ti consegui chegar Pois as decisões tomadas. Me permitiram te encontrar.
Ao olhar-te nos olhos, Não vi o antes visto. Não eras quem me cativou, O que eu queria não era isto.

Não me perguntes o porquê, Pois mais uma vez, Dele não saberei, Só sei que tudo mudou, Embora saiba que errei.

Finalmente perdi a corrente, Que a ti me aprisionava. Talvez possa seguir em frente E esquecer o que me parava.
Já não tenho correntes que aprisionem a minha alma à tua. Posso seguir em frente.
Gostava de saber se o meu instinto está certo. Algum dia me poderás responder?

A alguém muito genuíno...

Memórias

Imagem
As lágrimas corrompem a réstia do meu ser. Esforço-me o máximo que consigo mas nem mesmo esse limite é o suficiente. Por mais que tente, a minha memória não consegue ouvir o timbre da tua voz, uma vez mais. O tempo roubou-te de mim, e ao seguir o seu caminho, vai-me roubando as recordações que eu ainda tenho de todos os momentos em que tu estavas comigo. Não é justo... Já que não te posso ter ao pé de mim, não tenho pelo menos o direito de me lembrar de ti? Algumas recordações ainda permanecem na minha mente, por agora! Lembro-me de que quando friamente o sofrimento te invadia , gostava que ele fosse dividido, e me invadisse também. Desta forma, estarias mais feliz e eu mais aliviada, por mais pequeno que fosse esse instante. Sei que preferias ficar com ele todo para ti, pois tal como eu te amava, também tu me amavas , como ainda me amas hoje. Não estás aqui para mo dizer, mas eu sei disso muito bem, porque o sinto...
À "Estrelinha" mais brilhante...

Existe sempre alguém...

Imagem
Quando cheguei ao topo,
Vocês estavam aí,
A sorrir,
Felizes por mim
E rezando para eu não cair.

Mas eu caí,
Assim como as minhas lágrimas,
Que uma a uma me afrontavam,
Tristezas, revoltas, lástimas,
Todas elas me acomodavam.

E mais uma vez:
Vocês estavam aí,
Chorando comigo,
Mesmo que em silêncio,
Cada uma das minhas quedas,
Dizendo-me ao ouvido:
Tudo vai ficar bem,
Estamos aqui contigo.

Era aí que eu sorria,
Mandando as tristezas embora,
Se vocês estavam comigo,
Elas só tinham um sítio:
O exterior, lá fora.

E se vocês caíam,
Eu caía também,
E chorava as lágrimas,
As tristezas de alguém.

Se me perguntarem o porquê,
Dele eu sei muito bem.
Chorava porque vos amo,
Como um dia amei alguém.

Seja quem for,
Do mundo o dono,
A ele agradeço
Por vos ter aqui comigo,
No acordar para a vida,
No despertar de um sono.

A todos aqueles a quem a palavra "amigo" assenta na perfeição.

"Porque simplesmente fazem parte da minha vida."

Promessas são promessas

Imagem
Do castanho brilhante, Seus olhos enternecidos. Da alma cantante, Os gestos vividos.

Dia a dia a palavra, A brincadeira presente, O sorriso não escondido, Por mais que evite, Por mais que tente.

Atrevida timidez, Coração solidário, A disponibilidade possível, O futuro lendário.

A tristeza constante? Se não estivesse contigo, Que se pode chamar? Apenas um nome encontro: amigo. =)

Todos os amigos têm um nome. Este é um deles.

A ti Simão... =)

Conjugação do Verbo Ter (Direitos)

Imagem
Eu tenho direitos Tu tens direitos Ele tem direitos Nós temos direitos Vós tendes direitos E eles?










Não têm?



Ainda há quem diga que existe justiça...

Anoitecer

Imagem
Quando o Sol se puser, estarei aqui à espera do teu abraço...

À "Estrelinha" mais brilhante...

Estradas (Parte I)

Imagem
Percorro a estrada escura. Ouço o suspiro, a respiração, Sinto cada melodia: Dos batimentos o coração.
Avanço, avanço,avanço, Encontro o porquê, Encontro-te a ti.
Parado, inocente, Sem qualquer reacção,
Ausente a emoção, Esperando tudo aquilo que ainda não vi.
Não me culpes, Por favor não o faças. Cobardia? Medo? Eu sei que tive ambos, Não me julgues, Não me tires da alma o ledo, Simplesmente não a desfaças.
Estás tão perto mas tão distante, Eu quero aí chegar! Quero ser um navegante, Marinheiro no seu mar.
Simplesmente já não sei: O que fazer, o que dizer, Jamais imaginei Tal sina, tal viver.
Talvez um dia aí chegue, Ou talvez não...
A alguém muito genuíno...