Páginas

domingo, 21 de março de 2010

Da força, a alegria

Se o mundo falasse sobre ela, nunca mais se calaria, pois são inúmeras as palavras que a tornam única, que a tornam especial e que a tornam diferente de todos os milhões de pessoas existentes no globo terrestre. Mesmo assim, o mundo não a conhece como eu conheço. Digamos que a conhecemos de formas diferentes. A diferença crucial, é que eu vou ter a fantástica oportunidade de a descrever, e ele não (são privilégios que nem todos têm) !

Se a tua lágrima cair,
A ela podes recorrer.
Se o teu sorriso emergir,
A sua companhia podes ter.

Se chorares por amor,
Ao pé de ti ela estará
E seja por que motivo for,
Nunca, mas nunca te abandonará.

Alegria constante,
Dela feita, os disparates.
E com sorrisos libertados,
Estão feitos os cheque-mates.

Se um objectivo for seu,
Até eu tenho pena dele.
Depressa será concretizado,
Seja neste segundo ou naquele.

O seu coração é grande,
Seja para mim, para ti ou para aquele.
A sua força é das maiores,
Do coração, a força dele.

Por mais longe o sonho,
Por o abismo mais perto,
Pois que a vida lhe sorria,
Que lhe seja dado o merecido certo.

Tenho muito orgulho em ti. Pois bem, segue em frente, porque o que é bom esperará, já que o mereces.

Todos os amigos têm um nome. Esta é uma delas. A ti Sara.

1 comentário:

Sarita =) disse...

Simplesmente lindo Catarina =P.... adorei mesmo..és uma rapariga muito especial...uma "pequena" =p amiga grande... se é que me entendes =D..Uma amiga para todos os momentos, para todas as alegrias, para todas as tristezas, para todos os sufocos e principalmente para TODA a vida, para toda a minha vida. Obrigada por tudo...adoro.t miuda.. beijinhos