Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2015

(Des) Amores

Imagem
Por mais anos que passem, o primeiro amor será sempre o primeiro amor. E haverá sempre aquele frio na barriga quando se ouve o nome, se contempla o rosto ou se sente o perfume. Pois é, life sucks!

30.

Estamos no penúltimo dia do ano e a minha noite é passada por entre artigos sobre acidentes vasculares encefálicos e queimaduras. Isto porque nem mesmo esta época festiva faz com que o estágio deixe de me preocupar. Como tal, os estudos de caso são sempre uma boa ferramenta para me relembrar de que não posso parar, ou não me presenteasse 2016 com grandes desafios.

(...)

Imagem
Há dias em que me pergunto como é que alguém da minha idade se pode sentir tão vazio, mesmo com tanto.

O que realmente importa

Imagem
O tempo ensinou-me que o desvalorizar de determinados assuntos, mesmo que pareçam importantes, não é uma coisa má. Pelo contrário, é o que nos permite continuar, dando graças por termos quem nos ame e algo pelo que lutar. Porque precisamos de nos mover, de continuar. Precisamos de viver! E nenhum esqueleto no armário nos poderá impedir do quer que seja. O essencial é termos sempre em mente o que realmente importa.

Neste Natal:

Imagem
Sejam felizes!

Jantares de Natal

Imagem
Precisamos de pessoas que nos mostrem como o tempo passa rápido. E o Natal, com os seus múltiplos jantares, é sempre uma boa oportunidade para que tal aconteça.

A reter:

Imagem
Na próxima vez em que for fazer compras de Natal não posso parar na secção dos livros da Fnac. Isto porque corro sempre o risco de perder mais de uma hora lá enfiada, a folhear livros e livros, sem qualquer dificuldade.

Ok, eu admito:

Imagem
A época natalícia desperta em mim toda uma vontade para ver desenhos animados.

"When We Are Young"

Imagem
Estou completamente apaixonada por esta música. E totalmente frustrada pelos bilhetes para o concerto do Meo Arena terem esgotado.

Mas...

Imagem
"O "mas" é um assassino de sonhos."

Natal

Imagem
Hoje foi dia de visitar a árvore de Natal dos Aliados, como que em jeito de empurrão para tirar as fotografias da praxe. Porque afinal, já faz parte da tradição. E sabe tão bem guardar na memória uma cidade como o Porto.

Estágios e mais estágios

O tempo tem passado a voar. Num piscar de olhos o estágio de saúde mental terminou e começou o de reabilitação física. Do que acabou tenho comigo, acima de tudo, as memórias de gente e de experiências fantásticas e a esperança enorme de manter as amizades que tornaram tudo mais fácil. Porque afinal, os momentos são feitos das pessoas e daquilo que aprendemos com elas.