Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2013

40

E parabéns à minha mãezinha linda, que entra hoje na casa dos quarenta!

30.04

E pronto, já tenho aquela coisa denominada por carta de condução. Menos uma preocupação!

Isto irrita-me, pronto!

O meu telemóvel tem manias e só carrega em certas partes da casa.

(?)

É impressão minha ou agora qualquer pessoa pode ser Dj?

Sou, de facto, uma pessoa com distúrbios

Imagem
Há dias em que tudo o que desejo saber é se estou a seguir o caminho certo.

Teoria

Quando durmo pouco e mal de Domingo para Segunda, as aulas a que vou durante a semana contam-se pelos dedos (de uma mão).

Facto

Não há nada pior do que um homem infantil, inseguro e possessivo.

Cor

Imagem
Eu, como pessoa distraída que sou, só agora me dei conta de que podemos dar um toque diferente ao Google Chrome. E, palavra seja dita, até me dá uma vontade diferente de o abrir, mesmo que seja para fazer pesquisas para a universidade! Isto porque cor é sempre cor.

Da vacina "dos 20 anos"

Sinto-me uma pessoa musculada no braço esquerdo. Maldita vacina do tétano que me ofereceu, há uma semana, um alto super atraente e doloroso! O que vale é que só daqui a 10 anos é que poderei ser picuinhas novamente!

Sol

Imagem
Sou tão feliz em dias de sol!
Perco é as aulas.

Como é "interessante" viajar de comboio

Num estudo que fizemos na universidade sobre o stress que as pessoas sentem nos comboios, dei por mim a perguntar-me como era possível alguém afirmar ter-se sentado ao lado de outro alguém que ia a cortar as unhas. E achei eu que era estranho, até hoje ter reparado numa senhora a dar de mamar a uma criança com mais de cinco anos, ali, no meio da multidão e como se nada fosse. Ou a minha pessoa é muito picuinhas ou este mundo está mesmo perdido!

Facto

Eu tenho a melhor mãe do mundo.

Admito:

Eu sou daquele tipo de pessoas que pode, eventualmente, inclinar a cabeça para tentar perceber quais os livros que os outros passageiros do comboio estão a ler. E não, não sei porque o faço!

Novidades, precisam-se!

Imagem
Preciso de trazer novidades à minha vida. Já tenho vindo a mudar coisas que estavam mal e sei que ainda tenho muito que lhe dar, mas necessito de algo mais. Algo inesperado, talvez. Algum projecto que não consista em remediar o que fiz mal e que me surpreenda, levando-me a desenvolver novas competências e a trazer ao de cima partes de mim que ainda desconheço. Resta-me saber o quê...

Gosto de novos começos

Vamos lá colocar mãos à obra.

Anatomia, para que te quero

E hoje, pela primeira vez na minha vida de universitária, fui para um exame a saber de Anatomia. Espera-se que tenha valido o esforço!

Momento em que me passo #parte 1

Imagem
Odeio aqueles momentos em que percebo que estou a regredir, seja no que for. Mas o que é certo é que ando sem vontade para nada. Um exemplo disso é a minha falta de iniciativa para me envolver com novas pessoas ou para cultivar as relações que comecei há pouco tempo.
Conhecer as pessoas pode deixar-nos vulneráveis perante elas, dado que também aprendem um pouco sobre nós. Se juntarmos este facto às minhas reduzidas habilidades de envolvimento social, acabamos por perceber o motivo pelo qual nunca fui uma pessoa muito sociável. Não é que não tenha amigos, porque tenho, e dos bons. Mas sinto alguma dificuldade em me intrometer nas conversas quando não conheço muito bem as pessoas. E isso, o sentir que algo ficou por dizer, dá cabo de mim. Porque eu não sou assim, não cá dentro.
E a vontade de estudar? Pois...

Resiliência

Tem altos monólogos, dá voltas e voltas, emociona-te. Mas depois, respira fundo e engole as lágrimas. Manifesta o que sentes e queres. E chama-lhe seguir em frente.

Controla-te perante o controlo

Gostava de gostar das perdas de controlo e de saber superá-las facilmente. Quero tanto ter sempre tudo debaixo de olho e saber do que virá, que acabo por ser o stress em pessoa e por me perder nas decisões, nos momentos e em mim mesma.