Páginas

domingo, 21 de março de 2010

Diabrinho Teatral

Crescemos conhecendo as pessoas que nos rodeiam, crescemos vivendo com elas e temos orgulho por aquilo em que se tornaram.


Quando sorris, todos sorrimos,
Pois és capaz de contagiar,
E se tu choras nós choramos,
Pois contigo cá sempre vamos estar.

Quando algo te pedimos,
Lá o fazes mesmo a resistir,
E sempre de boa vontade,
Cá estás sempre para nos ouvir.

O teu divertimento faz de nós,
Pessoas mais felizes.
Em cada palavra, a alegria,
O gosto pelo que dizes.

Diabrinho teatral,
Que a todos enfeitiçou,
Alma grande, sem igual,
Que em teus amigos nos tornou.

O bem é o que eu mais quero,
Para cada segundo teu.
Pois que sejas feliz,
E presencies cada segundo meu.

Porque simplesmente foste, és e sempre serás uma pessoa muito especial na minha vida.

(Obrigada por seres o meu fã número zero e obrigada pelo nome " Ana Pessoa de Camões", pois gostei bastante de ambos.)

Todos os amigos têm um nome. Este é um deles. A ti Leonardo.

Sem comentários: