Páginas

segunda-feira, 15 de março de 2010

E ele é assim...

Existem milhares de pessoas no mundo, mas nem todas apresentam um papel relevante nas nossas vidas. Apenas algumas são importantes para nós, apenas algumas são especiais, por tudo aquilo que são, por tudo aquilo que fazem e por tudo aquilo que representam. Somente personagens assim merecem ser relembradas.

Do olhar, o atrevimento escondido.
Do azul turquesa, a perfeição do mar.
No sorriso, a ternura à espreita,
E beleza que insiste em ficar.

Nos seus cabelos cor de bronze,
Os trabalhos de cada dia,
Desse dia, minutos perdidos,
Pois nada muda por magia.

Na alma a pureza indiscreta.
Nas palavras a perfeição ausente.
Nitidamente nem tudo está perdido:
No coração, a amizade presente.

Longas conversas desenroladas,
O tempo que passou rapidamente,
Longas conversas diversificadas,
As palavras saídas naturalmente.

Os conselhos não controlados,
A preocupação ternurenta,
Os sorrisos estampados no rosto,
Cada vez que falha, cada vez que tenta.


Os defeitos pouco importam,
Na hora de escolher um amigo,
Pois este é um daqueles
Que estará sempre contigo.

Porque simplesmente és tu, uma pessoa muito especial.
Porque apesar de chato, mereces tudo aquilo de bom que o tempo tiver para te oferecer.

Todos os amigos têm um nome. Este é um deles. A ti Bruno.

2 comentários:

Bruno Pereira disse...

Mais uma vez te digo Ana, escreves lindamente :P
Muito obrigada por esta dedicatória, és uma amiga especial :D
Beijinhos

Bruno disse...

Chato? Eu? =D ahah
Ahaha mais uma vez obrigada Ana ;P