Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2013

Das coisas estúpidas do ser humano

Por mais que diga a mim mesma que “tenho de” e “vou” deitar-me cedo, faço-o sempre às quinhentas. Depois é ver-me a adormecer à mesa enquanto falo com a minha mãe!

3 anos depois

Imagem
E pronto, já lá vão três anos desde que estou por este mundo dos blogues! Porque no fundo foram jornadas de palavras feitas de sentimentos, que me ofereceram uma dose de satisfação muito superior àquela que eu imaginava. Muitos parabéns, Segundinhos!

Melhor constatação das últimas horas

Há dias em que parece que não faço nada de jeito.

6.

Imagem
Por vezes, relembro o motivo pelo qual criei este blogue. Pergunto-me se a saudade pode ser tão vazia de recordações como me parece. E aí percebo que, afinal,  sinto muitas saudades tuas.

Não tivesses parado!

Estou aqui há mais de meia hora a tentar escrever um artigo para o jornal local e nada. Desta feita, dou por mim a sentir saudades daqueles tempos em que as palavras se juntavam quase que logo de forma harmoniosa, sem que eu tivesse de pensar muito. Pois bem, parece que nem tudo é tão simples como andar de bicicleta!

Do Carnaval

Foi bom, foi muito bom. Há algum tempo (leia-se há uma eternidade) que estava a precisar de algo assim, porque apesar de não gostar de sítios cheios de gente (a cair para o lado pelos cantos), não há nada como um pé de dança para reestabelecer energias!

Facto

Hoje é Sábado e eu sou uma pessoa feliz por ter tempo para limpar o meu quarto e afins, em vez de estudar ou ir às aulas de código.

08.02

E pronto, o código já lá vai. Menos uma preocupação e mais tempo para a minha pessoa!

20.

E eu, que nem acredito que hoje faço 20 anos.

Do exame de amanhã

Só quero passar, só quero passar, só quero passar. Não peço nada de mais, pois não? Valham-me os santinhos, que eu já não consigo decorar mais particularidades de ossos, inserções de músculos e coisas do género!

(...)

Tudo tem um ponto final. Ou tudo haverá de o ter. Para que novas frases comecem.