Páginas

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Uma Aventura na Segurança Social

Os jovens de hoje são extremamente irreverentes, profundamente dinâmicos, minimamente interessados pelo mundo, exageradamente apaixonados pelas novas tecnologias e constantemente atraídos para experiências distintas das que já viveram. Menciono uma generalidade, embora saiba que serão os adultos de amanhã, sem que alguma excepção exista por entre o enredo.
Se os jovens de hoje forem como eu e a J., o mundo será um lugar complicado para se viver no futuro, dados os enigmas existentes no funcionamento dos estabelecimentos públicos, ou não fosse o nosso desconhecimento para com tais meios.
Eis que, devido a motivos de força maior, se tornou necessário um deslocamento à Segurança Social, pelo que, dada a nossa vaga noção da existência de bilhetes numerados para espera, nos deparámos com esta coisinha linda aqui:

Esperámos um segundo, esperámos dois, esperamos três. Esperámos uma hora e alguns minutos, sentadas num banco, longe da vista do plasma que lá marcava, por entre compassos temporais, os números das pessoas que para trás deixaram o seu trabalho, a sua família e tudo aquilo que de mais interessante ficara por fazer. O que é certo é que, de um momento para o outro, os números se elevaram a uma velocidade diferente daquela com que nos havíamos deparado até ao instante. Posto isto, tivemos a honra de conhecer este amiguinho aqui:


Tenho a consciência de que não somos a atenção em pessoa, mas esta foi uma primeira vez daquelas difíceis de se viver. E, assim, valorizo o conhecimento e a paciência daqueles que vêm os seus dias passarem por entre números que nem de gente são, tendo presente o facto de que não sou tão desenrascada como me tinha em conta!

5 comentários:

MoonLight disse...

xii que paciência!

e ainda por cima deixar passar o número! ai ai ai o que é que vocês estavam a fazer?:P kidding =)

beijinho

Catarina A disse...

Ahah, a desgraça da função pública em Portugal!
Bem vinda xD

Beijinhos *

Belíssima disse...

Catarina, já passei por isso, agora é moda, as benditas senhas acompanhadas das cadeiras para esperar sentada e eu de tão cansada de esperar acabei cochilando e perdendo a vez,rssss
Acredito que vc e sua amiga deveriam estar numa conversa muito interessante que até perderam a vez
bjs

Miss Murder disse...

Eu sei o que isso é. Então a segurança social que é um caos!

Catarina Sofia disse...

Aqui, em Ovar, vejo pessoas mesmo antes da segurança social abrir, já plantadas na porta de entrada com chapéus ou guardas-chuvas postos.
E pronto, parece que já entraste mais um bocado no mundo dos adultos :p