Páginas

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Da capital e arredores

Estes últimos dias têm sido passados por entre viagens de autocarro, almoços e jantares num sítio qualquer que possa aparecer pelo caminho, condições estranhamente más de uma pousada da juventude, sono até dizer mais não, divertimento e pessoas sem fim e lugares que toda a gente sabe que existem mas alguns aos quais eu ainda não tinha ido.

Tudo começou por Lisboa, no Pavilhão do Conhecimento, que nem de mais nem de menos interesse, lá nos deu entretenimento por breves horas.


Posteriormente, e talvez o mais aguardado de tudo isto, o Estádio da Luz foi o destino. Respirava paixão e grandiosidade ao ponto de despertar em mim, que até nem evoco um amor extraordinariamente grande pelo futebol, uma enorme vontade de estar ali, perante uma multidão vibrante com um jogo (o que não se veio a verificar, dado que não éramos tantos assim, nem tão pouco se avistava um pedaço de gente com ares de quem sabe usar uma bola).

Próxima a hora da vinda, e bendito sejas ó Saramago, o Convento de Mafra restou para perceber o quão possuidor da mania das grandezas era o D. João V e como extraordinário é o edifício. No meio de tudo isto, e se não fosse o teatro a retratar a obra, não sei bem como haveria de ter sido o teste de Português de hoje!


Claro está que mais destas serão, certamente, bem apreciadas numa próxima oportunidade, assim como aconteceu agora!

6 comentários:

PauloSilva disse...

Adoro passear :$

Ainda bem que gostaste do meu canto *

Filipa disse...

Acho que aos poucos vai voltando (:

S. disse...

Estádio da Luz? Quem me dera lá ir...

Cátia Mourisca disse...

adoro as fotos!

Miss Murder disse...

Espero que te tenhas divertido, Lisboa é linda!

Anónimo disse...

Olha as mãos das Just Girls xD ahahah que quarteto. Estádio da luz ana?