Páginas

domingo, 21 de novembro de 2010

Custa-me admitir que...

...os amigos são como as mães: por verem aquilo que nós não queremos ver, têm (quase) sempre razão e acabam por dizer aquilo que não queremos ouvir.

3 comentários:

Cris disse...

É o que os torna tão especiais. :)

Belíssima disse...

Esta é a grande questão, são especiais, podem ser comparados as mães, mas não concordo que podem sair por aí dizendo o que bem entendem.
Devemos deixar de ter a pretensão de achar que bem sabemos o que é bom para a vida dos outros.
bjs

Vânia Sofia disse...

Deu-te um apertozinho no coraçao ao ler isto :$