Páginas

sábado, 16 de julho de 2011

Férias Num Segundo Perdido

Por mais que eu goste dos meus pais e do mais novo inquilino cá de casa (a quem, muito carinhosamente, chamo de irmão), não consigo deixar de me sentir entusiasmada perante o que se aproxima em passos rápidos e a poucas horas de distância. No final de contas, não é todos os dias que tenho a oportunidade de passar duas semanas fora das asas dos progenitores, de forma a fazer tudo aquilo que bem entender, sem qualquer tipo de regras ou restrições (salvo aquelas impostas por mim mesma, claro está). Escusado será dizer que esta minha ansiedade em muito se assemelha à de um adolescente de 16 anos, ao perceber que os pais adormeceram e a janela do quarto facilmente se abrirá.
E, em jeito de melhorar a coisa, sempre tenho a companhia de uns maravilhosos amigos (ou amigos dos amigos), com quem partilharei emoções, sentimentos e um humilde T2. Não fosse a falta da melhor cozinheira do grupo e companheira dos meus longos passeios de bicicleta, e o cenário estaria perfeito.
Tudo isto para ilustrar o facto de por aqui se esperarem umas férias daquelas, onde os segundos apenas contarão como medidas de contagem de algo que se pareça com a felicidade.

5 comentários:

Jessica disse...

Parece... eu cá gostava que as sombras fossem 1 bocadinho só maiores... Porque a ver vamos e são do tamanho de 1 moeda de 1 cêntimo lol mas como tem muita variedade... E por fim, ainda vai dar por muito tempo porque não é todos os dias que usamos amarelos, vermelhos, essas cores mais fortes ;)

MoonLight disse...

boas fériaaas!=D

sandra disse...

tens sorte --. se eu soubesse bem q fazia o ano passado xb

luis m disse...

até parece que não tens 16 anos --' s enão tens, pouco te falta para ter :p ou pouco mais tens xD

Mommy Gates disse...

Parece ser um programa para as férias muito interessante, adorava partilhar um apartamento com os meus amigos.
Espero que te divirtas e voltes com as energias renovadas. Beijão :*