Páginas

quarta-feira, 6 de julho de 2011

A arte de improvisar

O improviso é a arte de uma vida que merece ser contada. Não importa o que os outros possam dizer diante de comportamentos menos apropriados, dado que agarramos o dia da forma que desenhamos, ou não fosse ele nosso. Não importam os gestos que ficaram pelo caminho, mas sim os que existiram para dizer que tudo valeu a pena. Não importam os planos secundários, quando o cenário é concretizado por aqueles que merecem lá estar.

1 comentário:

Anónimo disse...

O mundo é um improviso dele mesmo.