Páginas

terça-feira, 19 de abril de 2011

Desafio (14)

Pois bem, dizem-me os ventos que fui tageada pela Jéssica, a quem, desde já, agradeço. Assim, é com muito prazer que respondo a este desafio, cujos objectivos são:

1) Identificar quem me tageou. Feito!

2) Identificar 10 coisas que adore:


-Família. Embora por vezes sejam extremamente chatos, controladores e possuidores de exageradas preocupações, conseguem ser uma das melhores bases da minha vida.

-Amigos. São um suporte fundamental para tudo o que está relacionado comigo, inclusive com o blogue, dado que alguns deles o lêem assiduamente, aos quais agradeço com muita sinceridade. O que seria de mim sem eles?

-Escrever. Quando o faço entro num mundo só meu, o que me permite conhecer-me melhor a mim mesma e ver o que me rodeia de uma outra forma. Este simples acto influenciou, desde cedo, a minha vida e estou certa de que nela haverá de ficar até ao fim dos meus dias.

-Ciências. É através delas que vou saciando as minhas curiosidades e percebendo como funciona cada pedacinho deste mundo partilhado com muitos outros seres. Serão o meu futuro profissional, muito provavelmente.

-Violino. Gosto do som e um dia ainda haverei de aprender a tocá-lo.

-Livros. Demoro bastante tempo para ter vontade de os ler, mas quando o faço, sinto com fervor cada uma das personagens que neles agem e vivem, o que considero uma capacidade extraordinária destes amontoados de páginas. Além disso, sempre são uma boa forma de aprender a escrever melhor.

- Internet. Considero-a um verdadeiro vício, em grande parte devido a este meu cantinho.

- Porto. Adoro o rio Douro, os barcos que transportam pessoas e vinhos, as casas antigas, a baixa, os cheiros, as pontes, as ruas que emergem da confusão, os turistas, o cruzamento de diferentes línguas, as lojas de artesanato, os autocarros amarelos de dois andares e cada um dos bocadinhos da cidade.

- Comer. Um pecado, diria eu! Tantos são os males que espanta quantos os que atrai!

- Compras. São sempre uma boa forma de apelar ao exercício físico, de dar largas à futilidade que habita em mim, de conviver com as amigas e de esquecer por longos momentos tudo aquilo que de pouco importa.

3) Oferecer este prémio a 10 bloggers, listando-os no fim do post e notificando-os com um comentário.

Como sempre, este desafio está ao dispor de cada um de vocês. As minhas desculpas por não cumprir com rigor esta regra do tag.

4 comentários:

Ésse. disse...

Obrigada pela disponibilidade e por te ofereces para me ouvires, mas desta vez vou guardar só para mim, visto que o motivo é sempre o mesmo.

luis m disse...

era um carro normal xD podia ser qq um mas simplesmente com o volante a direita xD
foi estranho pq olhas pra la , vês que esta algo errado mas nao te apercebes logo se calhar do que e xD tu e os desafios, nossa senhora (me dê a mãoooo)

Filipa disse...

Confesso que tambem não li o livro mas o filme adoroo (:

Catarina Elwin Haner disse...

Partilho o mesmo gosto de violino que tu tens, *-*