Páginas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

#9 LETTER TO SOMEONE YOU WISH YOU COLD MEET


Todas as experiências começam por entre um tubo de ensaio. Experiências de uma pessoa, de uma época, de uma vida; experiências que nem mesmo a própria Ciência consegue explicar. Como tal, também esta nova vivência das nossas existências começou com esse maravilhoso instrumento da Química, metaforicamente falando, claro está, ou não fosse o teu blogue esse dito artefacto.
És uma pequena grande adolescente, cujas conversas se movimentam a largos passos, dada a maturidade e a alma que nelas depositas. És demasiado madura para a tua idade, diria até, mas talvez por isso seja tão fácil e agradável falar contigo. És tu e não desistes de o ser, defendendo-o a cada palavra escrita. Como tal, mantenho a esperança de que um dia tudo de mau passará e sentir-te-ás orgulhosa por nunca teres sido alguém se não tu. Até lá, estarei cá para te ouvir e ajudar, sempre.

5 comentários:

Cátia Mourisca disse...

adoro. :)

Sarinha disse...

Óhhhhhhhhhhhh, que querida, Catarina (:
Escreveste esta carta para mim *.* Também te quero conhecer, quer dizer, eu penso que já te conheço (pena é ser apenas virtualmente).
Definitivamente, temos de arranjar um dia para nos vermos.

Éh pá, adorei a maneira que arranjaste para começar o texto !!
Sou muito madura para a minha idade?
Obrigada por te ofereceres para me ajudares. Também gosto imenso de falar contigo (: Gosto mesmo, a sério! Obrigada por todos os conselhos e por todas as gargalhadas que já me fizeste dar.

Anniee. disse...

gostei a maneira como perguntaste se eu era a do blog hoje ;D xb

Anniee. disse...

obrigada :$
tu também pareces muito simpática mas um bocadinho tímida ;D
- e não faz mal nenhum teres perguntado !

Catarina Sofia disse...

Uma linda prova de amizade, ainda mais quando é uma amizade mantida por um router e dois computadores.
Quem dera existir muitas pessoas como tu neste mundo (: