Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Finalmente Terapeuta Ocupacional


As últimas semanas têm passado a correr e entretanto muito tem acontecido. Digamos que, por entre conquistas, emoções à flor da pele e saídas da zona de conforto, a minha vida tem vindo a alterar-se.
Quatro anos volvidos e finalmente posso dizer que sou terapeuta ocupacional. Bolas, como eu me esforcei para que este momento chegasse! Mesmo que tentasse não pensar no quão difícil era o percurso (pelos mais variados motivos), é agora muito muito bom olhar para trás e perceber que afinal fui capaz.
Hoje pertenço à classe de pessoas cuja profissão é desconhecida por grande parte da população, mas que assume uma importância sem igual na reabilitação e aumento de qualidade de vida de indivíduos com alguma disfunção. Eu própria não sabia bem no que me estava a meter antes de entrar para universidade, mas tenho vindo a apaixonar-me pela intervenção que desempenhamos. Só espero estar à altura da aventura que é o mercado de trabalho, de forma a defender com unhas e dentes aquilo que sei fazer.

Sem comentários: