Páginas

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Porque "as melhores coisas do mundo são de graça"


Acho que o pôr-do-sol é daquelas imagens que mesmo vistas repetidamente, jamais se tornam banalidades.

Sem comentários: