Páginas

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Será a mudança inevitável?

Odeio quando as coisas ficam estranhas. Odeio principalmente quando não sei como fazê-las voltar a ser o que eram.

Sem comentários: