Páginas

terça-feira, 7 de maio de 2013

A sério?

Às vezes pergunto-me o que possuo dentro desta cabeça. Já não sei o que tenho por certo ou por errado, o que será bom ou mau. Simplesmente deixei de entender se algo é lógico e se faz ou não sentido, começando a ceder a impulsos incompreensíveis. Acho que, de momento, o juízo é uma necessidade.

1 comentário:

Miguel Silva disse...

O que andas a fazer mulher?