Páginas

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Espera Só Um Segundo (dois anos depois)





Foi há dois anos atrás, a 22 de Fevereiro de 2010, que decidi trazer algo de diferente para a minha vida. Algo que pudesse construir de acordo com aquilo que eu era e vivia, e que me permitisse escrever o que sentia, para que tudo passasse a fazer sentido no meu pensamento. Sim, porque foram muitas as vezes em que aqui vim esclarecer as minhas próprias ideias e através das quais tomei decisões, depois de as palavras estarem organizadas de uma forma lógica. No entanto, provavelmente tudo se passou nas entrelinhas, dado que, de certa maneira, existem pontos que queremos guardar para nós, principalmente quando as pessoas que nos rodeiam também lêem o que escrevemos.
Estaria a mentir se dissesse que nunca pensei em terminar com o blogue. Sim, já me passou pela cabeça, e estou certa de que tal deve acontecer com todas as pessoas que têm um. Afinal, é tempo que investimos ao querermos deixá-lo à nossa maneira, pois mesmo sabendo que não são muitos os que o lêem, ele é nosso e o que nos pertence tem de ficar de acordo com os nossos gostos e ideais! Também me ocorreu construir um outro, paralelo, longe dos olhares daqueles que me conhecem, mas nada se compararia àquilo que sinto neste momento. Já é uma rotina vir aqui, todos os dias à noite, para escrever, ler os vossos comentários e descobrir cada um dos vossos cantinhos, e isso haveria de se alterar sem que pudesse existir uma volta a dar.
Nem acredito que o Segundinhos já faz dois anos! O tempo passou tão rápido e já aconteceu tanto na minha vida desde então. Sinto-me agora uma pessoa bastante diferente daquela que decidiu seguir a sua paixão pela escrita e começou a aventura de escrever um blogue. Talvez esteja mais madura, com mais responsabilidades e preocupações em relação ao futuro. E mesmo assim, quase que tudo aquilo por que passei se pode resumir em cada palavra que aqui deixei.
Acho que só tenho a agradecer a todos aqueles que me seguem diariamente, aos que me apoiam a continuar e ao J., que sempre me ajudou a cuidar do Segundinhos. Um muito obrigada, do fundo do coração!

1 comentário:

Filipa disse...

Ainda bem que concordas (;
E parabens :)