Páginas

domingo, 22 de janeiro de 2012

(...)

Pergunto-me pelo porquê de me vires ao pensamento de tempos em tempos. Não faz sentido, pronto.

2 comentários:

Miguel Silva disse...

Acredita que faz todo o sentido

Ana disse...

A nossa mente prega-nos partidas *