Páginas

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Vamos ajudar a Márcia



A Márcia é uma miúda de 19 anos que devia ter uma vida pela frente, mas a quem o destino resolveu pregar uma partida. Em Dezembro do 2010, foi-lhe diagnosticado um cancro no útero. Com 18 anos ninguém está à espera... questiona-se tudo e todos, revoltamo-nos contra tudo e todos, mas depois acredita-se. A Márcia acreditou, foi operada, fez quimioterapia e depois de um longo e penoso caminho acreditou ter vencido o cancro, esse maldito “bicho”. Pois... mas infelizmente tal não aconteceu. Em Setembro deste ano e contra todas as expectativas, após exames de rotina, diagnosticaram-lhe cancro nos pulmões… Não é justo, dizemos! E não é! Mas fazer o quê? Lutar, lutar e lutar. Foi isso que a Márcia fez, mais uma vez. Foi operada a um dos pulmões, embora tenha que operar os dois. Infelizmente, o diagnóstico não foi o melhor... segundo os médicos, este cancro é uma estirpe nova e está a desenvolver-se de uma forma descontrolada. A esta altura já a maioria das pessoas tinha “atirado a toalha ao chão”, mas não a Márcia, nem os seus pais. Existe uma clínica na Alemanha que está a fazer um tratamento ainda em fase experimental, que tem conseguido sucesso em alguns dos doentes que se sujeitaram a esse tratamento. Já foi enviado todo o processo clínico da Márcia para essa clínica e o médico responsável, depois de analisar o processo, aceitou tratar a Márcia. É aqui que nós entramos! Como devem compreender esse tratamento é caro, as viagens vão ser muitas, mais o alojamento, tudo isso vai acarretar gastos que os pais da Márcia, por mais que tentem, não conseguem suportar. Dá para imaginar o desespero que estão a passar neste momento? Pois muito bem, eu acho que podemos ajudar e o que proponho é que cada pessoa a quem esta mensagem chegue e que acredite, deposite o valor com que possa contribuir no NIB 0018 0000 02085792021 37, assim que se conseguir o dinheiro necessário para que a Márcia faça os tratamentos, informarei de imediato. Vamos desafiar e encarar de frente as partidas que a vida às vezes nos prega sem que haja explicação. Vamos fazer a diferença e acreditar!!! A todos os que acreditam que ainda podemos mudar o mundo com um simples gesto de amizade, o meu muito obrigada.


Retirado daqui.

2 comentários:

Rita Martino disse...

Muito obrigada por partilhares o texto, do fundo do coração :)

mág disse...

obrigada querida :)