Páginas

terça-feira, 6 de setembro de 2011

A perfeição existe à sua maneira

A cada dia que passa, aumento a certeza de que a vida consegue ser uma porcaria quando quer. Enquanto alguns se queixam por tudo e por nada (eu inclusive), outros sofrem em silêncio e sorriem perante realidades que os maltratam, perante coisas que não deveriam ser passadas com a sua idade e que, supostamente, apenas viriam quando fossem velhinhos e não pudessem mastigar os alimentos com os próprios dentes.
E a minha vida? Bom, não é perfeita, como todas as outras, mas está bem e recomenda-se, sei-o agora.

2 comentários:

joana amorim disse...

poisé! gostei muito de passear na feira :3
e tens toda a razão no que dizes. nós queixamo-nos e temos das melhores vidas. que muitos dariam tudo para ter uma igual.

Rita Martino disse...

Eu também acho isso, que a perfeição existe à sua maneira! :)