Páginas

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Das vindimas

Depois de um fim-de-semana por entre as vindimas, percebi que daqui a uns anos quero comprar uma casa de campo para viver. Não que deseje ter uma daquelas vidas provincianas, mas todo o ambiente calmo, onde se ouviu a água a cair das cascatas a mais de 50 metros de distância e se cheirou as uvas acabadas de cortar, fez-me lembrar os tempos em que eu ali corri livremente, implantando em mim uma enorme vontade de voltar a sentir algo parecido.
Não fosse o estado caótico em que se encontram as minhas mãos e as tão agradáveis dores musculares, e até seria capaz de dizer que esta foi uma experiência a repetir.

Sem comentários: