Páginas

terça-feira, 6 de julho de 2010

Quando as pulgas são ideias e vice-versa


Tenho uma pulga atrás da orelha. Pois é, quando me ponho a pensar, geralmente, nunca sai coisa boa. Vou ver se a tiro para lhe mostrar outras andanças e já volto.

1 comentário:

Anónimo disse...

as pulgas e pior coisa acabem co elas...