Páginas

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Porque nem todas as comparações são possíveis...


A noite é acessível e universal, sendo por si só conhecida em qualquer continente do mundo, seja de que natureza for a sua cultura, a sua língua ou até mesmo a sua terra. A noite é fácil de compreender. Já para desmistificar o indivíduo que por ventura se enquadrar no seio do ser masculino, poucas são as palavras desprovidas de um triplo sentido.

Sem comentários: