Páginas

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Permanece

Ele é um teimoso com ideias muito próprias, mas com quem foi um prazer partilhar esta experiência, que fez com que algumas horitas no msn passassem a correr.
Não é dedicado nem a ti nem a ela, mas sim a mim e a ele.

O mundo pode girar, gravitar ou inclusivé parar. Posso estar aqui, ali, pois o quando, o onde e o como; o hoje ou o amanhã, nada mais interessa. Tudo pode mudar ou ficar inscontantemente constante, mas o centro do meu mundo és tu, a fonte que ironicamente alimenta o meu pensamento. Inocentemente continuas a destruir o pouco que resta do meu coração, mas voltas a recolher todos os pedaços arrancados, juntando-os de novo.
Apesar de tudo o que possuo, presencio e vivo, acabo por ver que não tenho nada. Já nada sobra, já nada fica, já nada se mantém, ficando um tudo vazio.
Ao contrário do que outrora se dizia, nada se cria, tudo se perde e nada se transforma A única tranformação evidente e presente , é a evolução do meu sofrimento, não fisico, pois esse é perfeitamente suportável, mas sim psicologico, aquele em que uma agressão tua magoa mais do que a de outro alguém. Cada palavra proferida, cada acção e até o mais efémero gesto pode tornar-se num punhal que atinge o meu coração, que tanto agrava o meu sofrimento. Podes não perceber, podes não entender, podes até não crer, mas ele sabe o quanto estou a sofrer. A minha mente vê isto melhor do que ninguém, ela que é minha conselheira constante, ela que se deixa guiar por toda uma imaginação.
Não te posso exigir muito. Gostava que reparasses no sangue que fazes brotar do motor que guia e impulsiona todas as células do meu corpo. Apenas gostava de te pedir uma coisa: permanece na minha vida, nunca me abandones, deixa-me vislumbrar a tua imagem e ter apenas um último reduto de felicidade, a possibilidade de receber um olhar teu...
Já há muito que sofro, já não chega a mente para contar os dias, mas mesmo assim sobrevivo, só preciso que estejas por perto...

*Aninhas e Ricardo
Aproveitem lá para ler um blog do melhor: http://www.deliriosfebris.blogspot.com/

1 comentário: