Páginas

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O porquê sem razão

Já lá vão alguns dias em que deixei de perguntar a mim mesma o porquê. Para dizer a verdade, talvez ele não apresente assim tanta relevância. A importância de uma simples presença diz tudo e anula qualquer dúvida.

A alguém cuja presença vale muito mais do que a própria palavra indica.

Sem comentários: